A exposição Índios: Os Primeiros Brasileiros propõe ao visitante um passeio pela história do Brasil assinalando as diferentes formas pelas quais os indígenas foram vistos e incorporados ao processo de construção nacional. Para isso a exposição focaliza em especial a região Nordeste e está integrada por três espaços distintos – o mundo colonial (a história que se pode ler nos livros e documentos), o mundo indígena (uma outra narrativa) e o Brasil contemporâneo (com suas lutas e desafios).

O seu objetivo é estimular um processo de reavaliação efetiva do nós e do eles , oferecendo ao público imagens e informações de natureza histórica e cultural, apresentando as culturas indígenas como algo vivo e dinâmico, sobretudo propiciando uma identificação positiva com tais coletividades. A exposição pretende assim favorecer o despertar de novas questões e ser uma estrada aberta ao fim da qual cada um poderá re-examinar seus próprios conceitos e opiniões, distanciando-se dos estigmas e preconceitos com os quais opera tanto o senso comum quanto as representações eruditas.

Ainda hoje a imagem que se tem do índio permanece exclusivamente comprometida com o passado e com a reconstrução idealizada de formas pretéritas, em geral equiparadas à primitividade. É necessário um movimento em outra direção, comprometido com o esforço de pensar os indígenas sob a chave da criação de cultura, concebendo-os enquanto produtores de símbolos, utopias e novas formas societárias, motivados pela dimensão contemporânea e em diálogo com muitas outras tradições culturais por eles mesmos selecionadas.

O projeto, que tem a coordenação do antropólogo João Pacheco de Oliveira, é uma iniciativa do Museu Nacional (através do Laboratório de Pesquisas em Etnicidade, Cultura e Desesenvolvimento/LACED) e da Fundação Joaquim Nabuco (através da Diretoria de Pesquisas Sociais/DIPES), com apoio da APOINME (Articulação dos Povos Indígenas no Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo) e da Associação Brasileira de Antropologia (ABA), tendo como produtora a Associação Raízes da Tradição e contando com o patrocínio da Petrobrás Cultural e o apoio das prefeituras das cidades de Recife e de Olinda.

A exposição temporária de objetos, fotos, vídeos, músicas e documentos ocorreu no Forte das Cinco Pontas, Museu da Cidade do Recife, de 07 de dezembro de 2006 a 11 de fevereiro de 2007.

Desde de 20 de setembro de 2007, é exibida em Fortaleza, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, onde permanece até 20 de dezembro.

Serviço:
Índios: Os Primeiros Brasileiros. De 20 de setembro a 30 de dezembro, Memorial da Cultura Cearense e em espaços abertos do Dragão do Mar. Visitas ao MCC. De Terça a quinta, das 9h às 19h. Sextas, sábados e domingos, das 14h às 21h (acesso até 20h30). Outras informações: (85) 3488.8611 / 8621.

Faça aqui o download do folder

Exposição Índios: Os Primeiros Brasileiros